News

Autoridade que se tornou celebridade

MUNDO NOVO | MS – Nesta quinta-feira (20), foi publicada no Diário Oficial da União a Portaria RFB n° 2006/2018 de exoneração do cargo em comissão de Delegado da  Alfândega da Receita Federal do Brasil em Mundo Novo do Auditor-Fiscal CLOVIS RIBEIRO CINTRA NETO.

Nascido em 1967 no Rio de Janeiro mudou-se em 1980 para o recém criado Estado do Mato Grosso do Sul acompanhando seus pais que para cá vieram tentar a vida. Iniciou sua vida profissional na antiga estatal de energia elétrica, a Enersul. Ingressou na Receita Federal mediante concurso público em 1993 na antiga Inspetoria da Receita Federal em Corumbá/MS. Depois de ter trabalhado em diversas outras unidades da RFB veio a ser nomeado Inspetor-Chefe em 2014 na Inspetoria da Receita Federal em Mundo Novo, atual Alfândega.

Divorciado e pai de dois adolescentes, deixa o cargo para assumir o comando da formação dos filhos, pois segundo o mesmo, “precisamos legar homens dignos e honrados após a nossa partida”.

Profissional implacável com os crimes e condutas funcionais indolentes era também visto como alguém de coração humano frente as demandas da sociedade do cone sul do MS, do oeste paranaense e da região de Salto del Guairá.

Nunca deixou de atender quem o procurasse nas dependências de seu Gabinete. Ficou conhecido por falar a verdade de uma forma clara e honesta e assim conquistou a admiração de todos os que se dirigiram a ele.  Se fosse preciso falar um “Não” fazia sem rodeios e deixava os argumentos expostos para a compreensão de todos.

Em sua administração enfrentou diversos desafios, como a obra de expansão das atuais instalações, de movimento grevista de servidores da Receita Federal, de contingenciamento de orçamento bem como da ira dos sindicalistas, que para este é um Mal que nunca dorme e que necessita ser constantemente monitorado e combatido.

Deixa a Alfândega com uma extensa  lista de amigos e autoridades que soube bem cultivar ao mesmo tempo em que fortaleceu os laços de colaboração entre os órgãos de todas as esferas, tanto do Brasil quanto do Paraguai, além das entidades sem fins lucrativos.

Sempre atencioso com a Imprensa procurou levar informação útil e de qualidade para bem esclarecer a sociedade.

Leitor voraz, costuma ler um livro por semana, tinha o hábito de presentear as pessoas com livros e sempre tinha alguma palavra amiga a acrescentar na vida daqueles que estavam próximos. Sua mudança deverá ser para Dourados ou Campo Grande.

Chegou como um total desconhecido e sem muito crédito mas sai como um homem reconhecido por diversas comendas das esferas municipais, estaduais e federais.

Perguntado acerca do momento da partida respondeu: “Obrigado ao povo do cone sul do MS, do oeste paranaense e aos irmãos paraguaios que me receberam com carinho, aos povos índigenas por quem lutei junto, às autoridades pela troca de experiências e aos meus colegas de trabalho que procurei liderar sempre tendo em vista o bem estar da sociedade brasileira e o interesse público”.

Questionado se pretende voltar, respondeu: “Quem sabe?! Além da morte a outra única certeza da vida é a dúvida.” Nas palavras desse repórter que acompanhou a trajetória desse exemplar servidor público ficou conhecido não só como autoridade mas também como celebridade.

Obrigado Dr. Clovis Cintra. Sabemos que sentirá nossa falta e pelo seu trabalho realizado lhe agradecemos e desejamos sucesso na nova etapa que se inicia em 2019.

Share:

Leave a reply