News

Azambuja declara apoio a Bolsonaro

O candidato ao governo de Mato Grosso do Sul Reinaldo Azambuja (PSDB) disse em entrevista ao MS1 desta segunda-feira (8) que vai manter neste segundo turno a mesma linha de campanha, focando na apresentação de propostas. Azambuja adiantou ainda que vai buscar ampliar as alianças e disse que no primeiro turno apoiava dois candidatos a presidência, o do seu partido, Geraldo Alckmim, e o do PSL, Jair Bolsonaro, que é o único que permanece na disputa e passa a contar com sua adesão integral.

Azambuja esteve reunido nesta segunda-feira com a Executiva e com lideranças do seu partido para traçar o planejamento para o segundo turno. “A estratégia é ampliar as alianças. Colocar essa ampla base de deputados estaduais, federais e senadores na campanha. […] Agora é a militância. Não vai mudar a linha. É propositiva. É mostrar os avanços que Mato Grosso do Sul teve”.

O candidato revelou que ainda neste domingo entrou em contato com alguns partidos para discutir alianças. “Já conversamos com alguns partidos, parabenizando pelo resultado e falando do trabalho. Até porque foram campanhas que também cresceram. Política é isso, é a arte de conversar. Sempre digo que política se faz com quem a gente gosta e com quem gosta da gente”.

Questionado pela jornalista Cláudia Gaigher se buscaria apoio dos candidatos a presidência, Azambuja disse que sim e citou Bolsonaro. “Tínhamos dois candidatos no primeiro turno. O Geraldo e o Bolsonaro. Agora estaremos junto com o candidato que foi para o segundo turno, que é o Bolsonaro. Nossa militância e eu pessoalmente vou apoiá-lo”.

Share:

Leave a reply