News

Campanha de Bolsonaro não fez disparos de WhatsApp em massa

o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu que a campanha do presidente Jair Bolsonaro não realizou disparos de mensagens em massa pelo WhatsApp durante o pleito de 2018.

A ação foi movida pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

A sigla questionava a legitimidade do mandato do atual chefe do Executivo.

Para o ministro Jorge Mussi, relator do processo, “não há indícios de que a AM4 [empresa contratada pela campanha de Bolsonaro] tenha fechado contratos para disparos em massa”.

O magistrado também não constatou qualquer irregularidade por parte do WhatsApp.

Share:

Leave a reply