Cotidiano

Carne suína brasileira é proibida na Rússia

A Rússia começou nesta segunda-feira, 4, o embargo oficial de carne bovina e suína brasileira de alguns frigoríficos pelo uso da ractopamina, aditivo permitido em vários países, mas proibido pelo Serviço Federal de Inspeção Sanitária e Fitossanitária russo. O embargo, segundo as autoridades russas, pode ser ampliado.

A proibição atinge três unidades do Seara, controlado pelo Grupo JBS, em Santa Catarina, e um no Rio Grande do Sul; uma unidade do Grupo BRF, também em Santa Catarina, também foi inabilitada e o frigorífico Mabella, no Rio Grande do Sul. Em 2013, pelo uso da mesma substância, a Rússia decretou embargo de 18 frigoríficos e de outros dez em 2015.

 

Share:

Leave a reply