News

Cristiano Ronaldo escapa da acusação de estupro

Atacante português não irá precisar provar sua inocência nos Estados Unidos em função da falta de provas sobre o caso

A procuradoria do Condado de Clark, em Nevada (Estados Unidos) decidiu, nesta segunda-feira (22) que não irá indiciar o astro português Cristiano Ronaldo por suposto estupro, por considerar que as acusações feitas contra o atleta não têm provas concretas.

O caso foi levado a público nos últimos anos, no qual a norte-americana Kathryn Mayorga acusava o jogador, então no Manchester United, de agredi-la sexualmente em um quarto de hotel na cidade de Las Vegas, em 2009, algo que ele negou veementemente desde que a história se tornou pública.

O jornal alemão Der Spiegel foi o primeiro a divulgar informações sobre o caso, inclusive com o suposto pagamento de 375 mil dólares (R$ 1,4 milhão, em valores atuais) como parte de um acordo de privacidade da acusadora, a fim de que a história não fosse levado a conhecimento geral.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.