Cotidiano

Empresário distribuirá cerveja grátis por prisão de Lula

Maroni afirmou ter comprado 5 mil unidades e disse que estava atrás de “mais litros”. Mesmo com a bebida grátis, no entanto, quem estiver disposto a comparecer à “comemoração” terá de abrir a carteira: as entradas no Bahamas custam até R$ 510.

No vídeo em que fez a promessa, em 2016, Maroni diz que “assim que Lula entrar na Polícia Federal de Curitiba e for preso, começarei a distribuir cerveja”. Maroni é conhecido como “magnata do sexo” na noite paulistana. Ele é pai da ex-participante do MasterChef Aritana Maroni.

Na quinta-feira (5/4), quando o juiz Sérgio Moro expediu o mandado de prisão de Lula, a cobrança dos internautas pelo open bar do empresário chegou aos assuntos mais comentados do Twitter.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.