Cotidiano

Empresário é preso por cruzar fronteira

O empresário Badih Mohamad Salem, 48, foi preso na manhã desta segunda-feira (18) por cruzar a fronteira entre Ponta Porã (MS) e Pedro Juan Caballero sem seguir as medidas sanitárias impostas por causa da pandemia do novo coronavírus. De nacionalidade libanesa, Salem tem documento como cidadão paraguaio.

De acordo com a Polícia Nacional, ele foi detido por soldados da Força Tarefa Conjunta que vigiam a fronteira depois de passar por baixo do alambrado instalado na Linha Internacional. A intenção do empresário era pegar sua picape Fiat Strada, que estava estacionada na Aduana paraguaia.

O promotor Alvaro Rojas disse que Salem será denunciado por desrespeitar a quarentena e pedirá às autoridades sanitárias que o empresário seja levado para cumprir o isolamento de 14 dias, assim como ocorre com outros cidadãos paraguaios que regressam ao país.

No sábado, outra conhecida comerciante da fronteira, a paraguaia María Elsa Maldonado Vda. de Cordone, 58, foi detida junto com outras duas pessoas circulando de carro pelo centro de Pedro Juan Caballero. Como declarou residir em Ponta Porã, ela também foi colocada à disposição do Ministério Público para ser levada para a quarentena obrigatória.

A tensão provocada pelo fechamento da fronteira entre as duas cidades aumentou nos últimos dez dias. Comerciantes paraguaios cobram do governo nacional abertura do comércio e medidas para permitir acesso controlado de turistas. Entretanto, hoje o presidente do Paraguai Mario Abdo Benítez voltou a afirmar que as fronteiras e as escolas serão as últimas a serem reabertas.

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.