Cotidiano

Morre após ter o corpo queimado por amiga

Morreu na madrugada de terça-feira (07) no Hospital Universitário de Londrina, a jovem Débora Reis, de 28 anos, moradora de Umuarama, no Noroeste do Paraná. Débora teve 80% do corpo queimado durante um incêndio criminoso, provocado por uma ‘amiga’.

O crime aconteceu em 29 de dezembro, motivado por uma discussão. A vítima dividia uma casa com a adolescente, de 17 anos. Em uma briga entre as duas, a menor de idade ateou fogo no imóvel na manhã daquele dia. Em seguida, a garota se apresentou à Polícia Militar, e foi encaminhada ao Centro de Sócioeducação (Cense).

Em depoimento à Polícia Civil, a menor confessou que jogou gasolina, em seguida colocou fogo no quarto em que Débora estava. Ela declarou que não tinha a intenção de ferir, mas sim de provocar perdas materiais para a vítima.

As chamas, no entanto, ficaram incontroláveis, e Débora sofreu queimaduras gravíssimas. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e pelo Samu, e levada ao Hospital de Umuarama. Porém, seu estado delicado, exigiu que ela fosse transferida para o Hospital Universitário de Londrina, que conta com a ala de queimados.

Débora, no entanto, não apresentou melhoras, e acabou não resistindo aos ferimentos e morreu de falência múltipla dos órgãos.

A mãe da garota, aos prantos, pediu por Justiça e familiares publicaram homenagens para a jovem nas redes sociais. A morte de Débora provocou consternação em Umuarama, pela forma de como tudo aconteceu.

“Os médicos foram conversar comigo, a minha filha está num estado muito muito grave, o rim já parou, o pulmão dela tá sangrando, eu quero Justiça. É uma mãe que tá pedindo Justiça. Eu acabei de sair do hospital, não sei se vou voltar ver minha filha viva. Eu preciso de Justiça”, desabafou.

A namorada da adolescente que cometeu o crime, uma mulher de 30 anos, estava na casa no momento do crime. Ela prestou depoimento e foi liberada.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.