News

Multidões vão às ruas em defesa da propriedade e contra governo

Apesar de estarem sob medidas de isolamento rígidas para evitar a propagação do coronavírus, os argentinos que se opõem ao governo de Alberto Fernadez foram às ruas aos milhares neste sábado (20/06), segundo a mídia hermana. Eles usaram como pretexto para desafiá-lo uma medida do governo de interferir em uma grande exportadora de grãos, a Vicentin.

Os atos tiveram como lema a defesa da propriedade, após líderes agrícolas e industriais se alarmarem com a possibilidade – negada por Fernandez – de mais intervenções do estado em empresas privadas. Segundo o governo argentino, a intervenção na Vicentin é temporária e tem como objetivo evitar sua falência.

Grandes carreatas foram vistas em Buenos Aires e Cordoba (vídeos abaixo). Em vários locais, manifestantes se aglomeraram, nem todos com máscaras.

governo de Fernandez, que derrotou o liberal Maurício Macri nas últimas eleições, começa a enfrentar uma oposição mais cerrada da direita argentina com a eclosão desses atos, que ele ainda não comentou.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.