Cotidiano

Oh, inocente! Ela de novo!

O dono da empresa, Joesley Batista, disse aos investigadores da Lava Jato que repassou R$ 15 milhões a deputados para que votassem a favor de Dilma Rousseff no processo de impeachment na Câmara. Ele não soube dizer quais parlamentares receberam o dinheiro.

Share:

Leave a reply