Cotidiano

PF, MPF e RF realizam operação contra sonegação fiscal

A PF, o MPF e a RFB, em ação conjunta, deflagraram hoje a “Operação APATE” com o objetivo de desarticular organização criminosa dedicada à prática de sonegação tributária na fabricação e comercialização de cigarros, além de crimes contra a Administração Pública.

130 policiais federais e 40 servidores da Receita cumprem as medidas. São 31 mandados de busca e apreensão, sendo 16 em SP, 2 em PE, 1 na BA, 3 no RJ e 9 no DF, além de medidas de sequestro de bens, dentre os quais veículos de luxo, e contas bancárias.

O foco principal da apuração é a atuação de ORCRIM composta por advogados, contadores, operadores financeiros, doleiros, “lobistas” e ex-funcionários públicos que prestam auxílio a diversas empresas para viabilizar o exercício de atividade irregular, por meio da sonegação.

Os envolvidos são investigados pelos crimes de organização criminosa; sonegação fiscal; tráfico de influência; corrupção passiva e corrupção ativa. Em caso de condenação, as penas máximas somadas podem alcançar 30 anos de prisão.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.