Cotidiano

Policial morta em confronto

Soldado Marciele Renata dos Santos Alves era natural da Cachoeira do Sul. Polícia perseguia criminosos que haviam roubado um carro na região.

Uma policial militar morreu atropelada na tarde desta segunda-feira (25), em Sério, cidade do Vale do Taquari. A soldada Marciele Renata dos Santos Alves, 28 anos, chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do hospital.

Ela foi atingida por uma caminhonete que havia sido roubada. Durante perseguição a um grupo criminoso, houve confronto na tentativa de abordagem. A quadrilha havia roubado dois veículos no fim de semana, em Venâncio Aires.

Marciele foi atropelada por uma caminhonete roubada durante confronto e morreu aos 28 anos — Foto: Divulgação/Governo do RS

Três suspeitos foram mortos e um foi preso. Os policiais tentam descobrir se mais pessoas participaram da ação e faz buscas na região.

A corporação publicou uma nota lamentando a morte da policial. O governo do RS também manifestou pesar. Leia abaixo.

Marciele completaria sete anos de serviços prestados à instituição em 2019 e atuava no Pelotão de Operações Especiais (POE) do 23º Batalhão de Polícia Militar (23° BPM) de Santa Cruz do Sul.

Nota do governo

O governo do Estado, por meio do governador Eduardo Leite e do vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, lamenta a morte em serviço da policial militar Marciele Renata dos Santos Alves, 28 anos, ocorrida na tarde desta segunda-feira (25/11).

A soldado da Brigada Militar foi atropelada por uma caminhonete roubada, dirigida por bandidos em fuga no município de Sério. O incidente ocorreu durante confronto com guarnições da BM que patrulhavam a região em buscas da quadrilha de criminosos que havia roubado veículos no fim de semana, em Venâncio Aires. Na ação, três criminosos foram mortos.

Marciele completaria sete anos de serviços prestados à instituição em 2019 e atuava no Pelotão de Operações Especiais (POE) do 23º Batalhão de Polícia Militar (23° BPM), de Santa Cruz do Sul.

O governo do Estado solidariza-se com os familiares e amigos e com a corporação, que bravamente atua em defesa da sociedade gaúcha, e presta sua homenagem à soldado Marciele pela coragem e dedicação ao longo da sua trajetória na BM. O Estado prestará assistência à família.

As forças de segurança não medirão esforços para capturar e prender demais responsáveis pelo roubo e pela morte da PM.

Três criminosos foram mortos, conforme a polícia, durante confronto em Sério, que vitimou também soldado — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Três criminosos foram mortos, conforme a polícia, durante confronto em Sério, que vitimou também soldado — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.