News

Senadores mais gastadores do dinheiro público

O “novo Senado” continua o mesmo de sempre. As despesas com autopropaganda, consultorias, escritórios nos estados, passagens aéreas, viagens internacionais, combustível, aluguel de carros e aviões, e correios já custaram R$ 12 milhões aos cofres públicos no primeiro semestre deste ano. Tem até “chá de panela” bancado pelo contribuinte.

O campeão de gastos é o senador Humberto Costa (PT-PE), com um total de R$ 350 mil, sendo R$ 42 mil com viagens internacionais e R$ 82 mil com correios – R$ 44 mil numa só remessa. Os constantes deslocamentos do senador e de seus assessores pelo interior de Pernambuco consumiram mais R$ 90 mil em aluguel de carros, combustível, hospedagem e alimentação.

O senador Romário (PODE-RJ) usou 64% da sua cota para o exercício do mandato, o “cotão”, com passagens aéreas entre Brasília e o Rio de Janeiro. Dos R$ 116 mil gastos, R$ 49 mil pagaram passagens de seis assessores que ficam constantemente na ponte aérea. Só as passagens para Rafael Takashi custaram R$ 26 mil. Mais de 30 passagens do gabinete ficaram em torno de R$ 2 mil.

 

Share:

Leave a reply