Cotidiano

Vítima de violação corta pênis do agressor

Uma mulher conseguiu escapar a uma violação, em Greenville, na Carolina do Sul, esfaqueando o agressor com a faca que o próprio usou para a ameaçar.

O incidente, que agora é conhecido graças à revelação de documentos judiciais, aconteceu a 8 de agosto passado, quando Dennis Glenn Slaton deu boleia a uma mulher que estava numa bomba de gasolina, reporta o Greenville News.

Quando a mulher aceitou, este mostrou uma faca e levou-a, sob ameaça de morte, para sua casa. Uma vez dentro da residência, Slaton obrigou a vítima a despir-se e violou-a, ameaçando-a de que a mataria assim que terminasse.

Durante a violação, a mulher conseguiu desarmar Slaton, tirando-lhe a faca das mãos e esfaqueando-o nas nádegas, antes de lhe cortar o pénis. O homem tentou perseguir a vítima dentro de casa, mas ela conseguiu escapar, pedindo ajuda nas casas vizinhas. Vários residentes viram a mulher, completamente nua e ensanguentada, e chamaram a polícia.

“Ela estava assustada. Via-se que lhe tinham feito alguma coisa porque ela estava a tentar fugir e a pedir ajuda”, indicou um dos vizinhos, citados pela imprensa. A vítima correu até uma cafetaria que estava naquela rua, onde os empregados lhe deram roupa e aguardaram com ela a chegada da polícia.

Os agentes da polícia dirigiram-se a casa de Slaton pouco depois de falar com a vítima e levaram-no para o hospital, onde foi submetido a uma cirurgia, antes de ser detido. 

Dennis Glenn Slaton, de 61 anos de idade, foi acusado de violação e rapto, mas foi colocado em liberdade condicional depois do pagamento da fiança de 75 mil dólares. Entretanto já voltou a ser detido por ter violado os termos da liberdade condicional.

Uma mulher mordeu o pênis de um homem que tentava estuprá-la em um carro em Greenville (Carolina do Sul, EUA). Dennis Slaton, de 61 anos, ameaçou a vítima com uma faca, de acordo com a acusação.

A mulher estava esperando em uma rua por um homem que ela havia conhecido na internet, contou o “Greenville News”. Ao ver a van de Dennis ela acenou, achando ser o veículo que aguardava. Ao entrar no carro, ela notou o engano, mas foi impedida de sair.

Após morder o pênis do agressor, a vítima, que não foi identificada, conseguiu fugir do veículo e bater à porta de uma casa. Ela estava seminua e com marcas de sangue do agressor no corpo.

Dennis já é registrado como criminoso sexual. Da ficha corrida do americano constam casos de sodomia, voyeurismo e tentativa de estupro.

O caso ocorreu em 8 de agosto, mas só agora detalhes foram revelados pela Justiça.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.