Cotidiano

Aos 90 no volante: saiba onde estão os condutores mais velhos em MS

Com 94 anos, três idosos de Mato Grosso do Sul provam não haver idade limite para dirigir. Preocupados em dirigir com documentação regularizada, eles renovaram a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em 2021 e são os condutores habilitados mais velhos do Estado.

Os condutores estão espalhados por três cidades de MS, que são: Eldorado, Naviraí e Santa Rita do Pardo. Além deles, outros 31 idosos com 90 ou mais estão habilitados e regularizados no Estado.

Fonte: Detran-MS.

Conforme a Lei nº 14.071/2020, que altera a Lei nº 9.503/97 do Código de Trânsito Brasileiro, pessoas com 70 anos ou mais devem renovar a CNH a cada três anos. Em MS, para realizar o exame de aptidão física e mental, pessoas desta faixa etária pagam apenas 30% do valor integral do processo.

Centenários

Em Mato Grosso do Sul, 919 CNHs estão nas mãos de idosos com 100 anos ou mais. Os centenários com habilitação ativa estão espalhados por 55 cidades do Estado.

O levantamento realizado pelo Jornal Midiamax utiliza os dados disponibilizados pelo Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul). A última atualização é de 16 de agosto.

Dos centenários que estão com CNH ativas em MS, 785 possuem habilitação para a categoria B, 107 possuem para C, 12 para D, 9 têm autorização para A e B, e apenas 6 para a categoria A. Destes, 36 são mulheres e 883 homens com 100 anos ou mais habilitados.

Campo Grande é a cidade com maior concentração de centenários habilitados, são 379 conforme os dados do Departamento de Trânsito. Em seguida está Aquidauana, com 61 pessoas com 100 anos ou mais com CNH ativa e, depois, Três Lagoas, com 57.

Entretanto, não é possível afirmar se estes sul-mato-grossenses estão circulando com veículos nas ruas do Estado. Apesar de constar no sistema do Detran-MS como ativas, as CNHs não estão renovadas.

“Isso acontece porque, em alguns casos, o condutor pode já ter falecido e a família não deu baixa na documentação ou porque a pessoa não dirige mais e, por isso, não buscou renovar o documento”, esclareceu o Departamento de Trânsito.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.