Cotidiano

Campo Grande registra 75 casos de Tuberculose

De janeiro até o dia até o dia 13 deste mês, 75 pessoas foram diagnosticadas com tuberculose em Campo Grande, de acordo com informações da coordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU). Os números chamam a atenção e reacendem um alerta em relação à necessidade do diagnóstico precoce da doença.

Durante esta semana, todas as unidades de saúde da Capital estão reforçando as orientações sobre a doença e distribuindo materiais educativos, além de ampliando a oferta de exames para o diagnóstico da doença.

Conforme dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), no ano de 2017 foram notificados 297 casos novos da doença e no ano de 2016, 306. Somente nos três primeiros meses deste ano já foram registrados 75 casos da doença.

Toda população é passível de contrair a tuberculose, porém algumas populações estão mais vulneráveis a doença, tais como: população em situação rua, pessoas usuárias de drogas, pessoas que vivem em grande aglomerados, asilados e albergados, pessoas as quais vivem em situação de maior vulnerabilidade e exclusão social devido as condições desfavoráveis de moradia e alimentação e até mesmo os profissionais de saúde.

Neste sentido, em relação aos moradores de rua, estes são atingidos pela doença 67 vezes mais devido as suas condições de vida.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.