Cotidiano

China suspende importação de frigoríficos brasileiros

Comunistas alegam ter detectado vestígios do coronavírus em embalagens de alimentos congelados

O Partido Comunista da China anunciou nesta sexta-feira, 11, a suspensão temporária das importações de dois frigoríficos brasileiros e um argentino. A ditadura garante ter identificado vestígios do coronavírus nas embalagens de produtos congelados. A Administração Geral das Alfândegas do país oriental informou que as empresas brasileiras na mira dos chineses são a Naturafrig Alimentos e a Plena Alimentos. Da parte do Brasil, os produtos em questão são a vitela desossada congelada; da Argentina, carne bovina desossada congelada.

Recentemente, o país asiático assegura ter detectado o patógeno em várias embalagens de produtos refrigerados, muitos deles de países latino-americanos. Os lotes com maior resultado positivo, principalmente nas embalagens, foram camarões, peixes, vitelas e porcos. As autoridades chinesas destacam que alimentos congelados importados, principalmente carnes e peixes, estão sendo a principal via de surtos de covid-19 na China. Oeste noticiou que o regime de Xi Jinping está tentando limpar a própria imagem sobre a pandemia.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.