News

Clube reúne pessoas para decorarem seus próprios caixões

Imaginar o próprio funeral pode trazer ansiedade ou pensamentos desagradáveis para muitas pessoas, mas não é o caso para os membros do Clube do Caixão de Rotorua, na Nova Zelândia.

Semanalmente, eles se reúnem para fazer justamente isso, e preparam os próprios caixões em um processo que membros descrevem como ‘terapêutico’ e ‘divertido’.

A ideia por trás do clube é da ex-enfermeira de cuidados paliativos Katie Williams.

Ela conta que percebeu que o ritual social para a morte era ‘sombrio e apressado’ e que acredita que o processo deve ser, assim como é o costume com nascimentos, uma celebração.

No início, sua ideia foi recebida com estranhamento, mas os ‘clubes do caixão’ se multiplicaram pelo mundo desde então.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.