Cotidiano

“Deixar a crença em casa?”

O sacerdote respondeu ao apresentador: “Se o novo ministro errar, responderá pelo que disser ou fizer. Mas ninguém pode deixar sua fé numa gaveta”

Via rede social, o pe. Zezinho se manifestou a respeito de uma declaração do apresentador Luciano Huck, da TV Globo, que fez votos de que o novo ministro da Educação, Milton Ferreira, pastor da Igreja Presbiteriana, “deixe suas crenças e ideologias em casa”.

O sacerdote escreveu:

Um astro da Globo deu este conselho para o novo ministro da Educação. O que quer que ele tenha intencionado dizer com isto, certamente o astro global ou não entende de Educação ou de Religião e crença. É contrassenso ir para o trabalho e deixar a fé em casa e levá-la só quando for ao culto da sua Igreja!

Torno a dizer que em tudo que um crente em Jesus fizer ele deve levar junto seus princípios cristãos! Não se deixa a sua crença e sua fé em casa. E não se é cristão só no templo ou só no fim de semana. Isto serve para qualquer cidadão. Princípios não se deixam na gaveta!

Se o novo ministro errar, responderá pelo que disser ou fizer. Mas ninguém pode deixar sua fé numa gaveta.

Junto com o seu comentário, o pe. Zezinho compartilhou uma imagem na qual aparecem as fotos de Luciano Huck e de Filipe G. Martins, assessor especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais. A imagem contém a declaração que Huck havia postado em sua conta no Twitter e uma resposta publicada por Martins.

Huck havia escrito: “O MEC anda p/ trás há 1,5 ano. Educação é a ferramenta + poderosa no combate a desigualdades e ampliação d oportunidades. Um ministério q requer competência técnica, gestão e diálogo. Espero q o novo ministro deixe suas crenças e ideologias em casa e ajude a educação a progredir“.

A essa postagem, Martins havia respondido: “A educação brasileira está entre as piores do mundo há décadas; e esse fracasso foi alcançado justamente como resultado das idéias e das propostas que você, sem saber o que está fazendo, defende. Reverter isso levará tempo, mas só será feito se pessoas como você forem ignoradas“.

Fonte: Aleteia

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.