Cotidiano

Diariamente 500 venezuelanos cruzam a fronteira

BOA VISTA | RORAIMA – Há sete meses, a praça Simon Bolívar, foi ocupada por venezuelanos e se transformou num grande acampamento sem estrutura. Entre 400 e 500 venezuelanos cruzam a fronteira todos os dias com destino a Boa Vista, capital do Estado.

Apenas 490 venezuelanos foram encaminhados para São Paulo, Manaus e Cuiabá. O problema é que o fluxo de migração para o Brasil continua.

Moradores locais reclamam da presença dos imigrantes e cobram uma ação do governo para fechar a fronteira do Estado com a Venezuela.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.