Cotidiano

Dodge denuncia Temer e mais cinco por corrupção nos portos

O presidente Michel Temer e mais cinco investigados foram denunciados nesta quarta-feira pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por crimes como corrupção passiva, corrupção ativa e lavagem de dinheiro no chamado inquérito dos Portos, que investiga um esquema de corrupção envolvendo empresas do setor portuário e integrantes do grupo político do presidente. A acusação foi apresentada pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, no último dia de funcionamento da Justiça antes do recesso de fim de ano e a 12 dias do fim do próprio mandato de Temer.

Há dois meses a Polícia Federal finalizou o a investigação que apurou se o presidente recebeu propina para favorecer empresas do setor portuário na edição de um decreto do governo. A PF indiciou Temer pelos crimes de corrupção, lavagem e organização criminosa.

A filha de Michel Temer, Maristela Temer, que foi investigada por supostamente ter reformado sua casa com dinheiro de propina não foi denunciada.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.