Cotidiano

Estado Islâmico reivindica atentado em Londres

O Daesh (auto proclamado Estado Islâmico) reivindicou o atentado que vitimou pelo menos sete pessoas e feriu dezenas em Londres no sábado à noite, noticia a Reuters citando a Amaq, agência de informação do grupo terrorista,

“Uma unidade de combatentes do Estado Islâmico executou o ataque de ontem em Londres”, lê-se no comunicado divulgado no site da Amaq, citado pela Reuters.

 As autoridades britânicas detiveram este domingo 12 pessoas por suspeitas de estarem ligados aos ataques de ontem no centro da capital do Reino Unido. Pelo menos sete pessoas terão morrido e outras 48 ficaram feridas, segundo um relatório divulgado pela Polícia Metropolitana de Londres.

As autoridades indicam que três atacantes terão entrado com uma carrinha pela zona pedestre da London Bridge, abalroado dezenas de transeuntes. Depois de abandonarem o veículo, os indivíduos encaminharam-se para Borough Market onde terão esfaqueado várias pessoas. Os três indivíduos foram, pouco depois, abatidos pelas autoridades.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, afirma que “é tempo de dizer basta”. “Não podemos e não devemos fingir que a situação pode continuar como está”, disse Theresa May, pedindo uma estratégia reforçada de combate ao terrorismo que pode vir a incluir penas de prisão mais longas e novos regulamentos do ciberespaço.

Os principais partidos britânicos anunciaram este domingo a suspensão da campanha eleitoral para as legislativas de 8 de junho, mas a data das eleições mantém-se.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.