Cotidiano

Gleisi: Crime eleitoral, corrupção e lavagem

Segundo informou o Antagonista, a Polícia Federal identificou na planilha do setor de propinas da Odebrecht, associado ao codinome “COXA”, o valor de R$ 1 milhão. Além do codinome também consta um número de celular e endereço de entrega.

A linha telefônica pertence a Oliveiros Domingos Marques Neto, dono da agência Sotaque Brasil, empresa que prestou serviço de propaganda e marketing para a última campanha da petista de extrema-esquerda Gleisi Hoffmann, atual presidente do Partido Criminoso dos Trabalhadores.

A PF também rastreou outros seis pagamentos no mesmo valor, além de um pagamento de R$ 150 mil em 2008 e duas parcelas de R$ 150 mil em 2010.

“Também foram identificados os locais onde os pagamentos foram realizados e as pessoas responsáveis pelo transporte de valores”, informou a PF.

A senadora de extrema-esquerda foi imputada a crime eleitoral, além de lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.