Cotidiano

Jovem de 16 anos morre por excesso de cafeína

O americano Davis Cripe, de 16 anos, sofreu uma arritmia cardíaca dentro da sala de aula, na Carolina do Sul, após ingerir três bebidas cafeinadas em um curto intervalo de tempo. O legista definiu o caso como ‘um evento cardíaco induzido por cafeína que resultou em arritmia’.

Davis Allen Cripe bebeu, em sequência e rapidamente, um café latte do McDonalds, um energético e um refrigerante de cor verde-limão da marca Mountain Dew.

Logo depois, ele sofreu arritmia cardíaca, o que o levou a um colapso na sua escola, no estado da Carolina do Sul. O estudante morreu uma hora depois de desmaiar.

 

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.