Cotidiano

Juíza que soltou bandido com fuzil é afastada

A juíza Ana Luisa Schmidt Ramos, que mandou soltar durante audiência de custódia um homem preso pela Polícia Militar de Santa Catarina em posse um fuzil de guerra , foi realocada para a Juizado Especial Cível e não mais cuidará de casos na esfera criminal.

A informação foi confirmada pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), segundo o qual a magistrada decidiu não mais atuar na Vara Criminal por conta própria – sem relação direta com a polêmica audiência de custódia com o preso em Florianópolis.

O caso ganhou repercussão devido às suas particularidades. No último fim de semana, a polícia catarinense prendeu suspeito em sua casa, que escondia um  fuzil de combate Colt Ar-15 calibre 5.56mm.

O homem foi levado para audiência e, em vez de ter a prisão preventiva decretada, ganhou liberdade por “não demonstrar periculosidade social”, conforme considerou a magistrada.

 

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.