News

‘Julgou em causa própria’

Ontem (27), Toffoli, que foi delatado pelo ex-governador do Rio de Janeiro, votou para anular a delação. Segundo Cabral, o ministro teria recebido propina em troca de decisões judiciais que favoreceram dois prefeitos do estado do Rio.

De acordo com Marco Aurélio, a atitude de Toffoli contribui para as críticas ao STF: “Eu, no lugar dele, teria me declarado impedido ontem, porque a comunidade jurídica e os leigos não entendem isso. Julgar em causa própria é a pior coisa para o juiz. Eu esperava que ele saísse do processo. No lugar dele, eu teria saído”.

“Por isso é que o Supremo hoje em dia quase não é levado a sério. Isso é péssimo em termos institucionais. Perde a instituição. Não estou atacando o colega, estou defendendo a instituição que integro”, disse o decano nesta sexta-feira (28).

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.