Cotidiano

Máscara anti covid-19 dura 12 horas e custa R$ 1,70

Uma máscara antiviral desenvolvida pela Universidade de São Paulo (USP) em parceria com a empresa Golden Technology é capaz de chegar até 12 horas de uso contra o novo coronavírus. Em testes feitos em laboratório, a máscara apresentou uma eficácia de 99,9% na eliminação do vírus e chegará ao mercado custando apenas 1,70 reais por unidade.

A máscara é fruto de um investimento de 2 milhões de reais e foi batizada de Phitta Mask. Em última fase de testes para a aprovação pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), a máscaras já está sendo comercializada em algumas lojas.

Segundo a USP, um dos diferenciais dela é que ela pode ser utilizada por mais tempo do que as máscaras cirúrgicas comuns, com um efeito antiviral e eficiência de filtração bacteriana por 12 horas. A máscara cirúrgica comum, em comparação, precisa ser trocada a cada duas horas e descartada após o uso. As máscaras de tecido precisam ser lavadas constantemente para evitar a contaminação.

Outro ponto diferencial da máscara contra a covid-19 é que ela pode ser usada por três horas em um dia, por duas horas no outro, e assim sucessivamente até alcançar as suas 12 horas de uso. A universidade também ressalta que a máscara não é tóxica, “uma vez que uma quantidade muito pequena da substância já é suficiente para inativar o SARS-CoV-2”. “Já testamos no laboratório vários antivirais que funcionaram contra o vírus, mas nenhum em uma concentração tão baixa quanto esse”, ressalta o comunicado.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.