Cotidiano

Mineradora extraía areia ilegalmente do leito de córrego

Policiais Militares Ambientais de Mundo Novo realizavam fiscalização no município de Tacuru, no km 26 da estrada velha que liga este município a Paranhos, e autuaram ontem (30) à tarde, uma empresa mineradora, que funcionava sem a licença ambiental. A empresa infratora realizava a retirada por uma draga instalada no leito do córrego Puitã, com canos levando o material até um depósito à margem do curso d’água. Havia, inclusive, degração da área de proteção permanente (APP) do córrego.

Com esta, é a terceira vez, que a empresa, com sede em Amambai é fechada pela PMA retirando areia do leiro do mesmo córrego. A draga e máquinas foram apreendidas e as atividades foram interditadas.

A empresa foi autuada administrativamente e multada em R$ 10.000,00. Os responsáveis pela infração responderão por crime ambiental de funcionar atividade poluidora sem licença, que tem pena de detenção de um a três anos e por degradar área de preservação permanente (APP), com pena prevista de um a três anos de detenção.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.