Cotidiano

Moro ordena leilão de 4 imóveis de Zé Dirceu e o triplex do Lula

Quatro imóveis pertencentes ao ex-ministro José Dirceu (PT) foram enviados a leilão pelo juiz Sérgio Moro. São duas casal na capital paulista, uma em Vinhedo, no interior do estado, e outra em Passa Quatro, em Minas Gerais, onde morava a mãe do petista.

“O condenado (José Dirceu) mostrou que não tem condições ou não quer permanecer com os imóveis, já que não está pagando as parcelas do financiamento ou o IPTU ou o condomínio. Não se pode admitir o esvaziamento do confisco, meio para recuperação do produto de crime de corrupção, pela omissão do condenado”, diz trecho da decisão do juiz publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo.

As datas dos leilões ainda não foram definidas.

José Dirceu foi condenado em primeira instância, em duas ações, a um total 32 anos e 1 mês de prisão – um processo por 20 anos e 10 meses e outro por 11 anos e 3 meses. Em segunda instância, o TRF-4 julgou até o momento a primeira ação, pela qual aumentou a pena para 30 anos e 9 meses por corrupção passiva, pertinência a organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Conforme informações publicadas na Folha de São Paulo. O juiz federal Sergio Moro mandou nesta segunda feira (29) cancelar a penhora do tríplex localizado em Guarujá (SP), pivô do processo no qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi condenado em segunda instância a 12 anos e um mês de prisão na semana passada. O magistrado também ordenou que o imóvel seja levado a leilão público.

Em dezembro, o TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios) havia determinado a penhora do tríplex para o pagamento de uma dívida da construtora OAS.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.