Cotidiano

Morta após procedimento estético ilegal

PEDRO JUAN CABALLERO | PARAGUAY – A fronteira amanheceu de luto nessa quinta-feira, dia 17, pelo falecimento prematuro da jovem influenciadora Sheiza Ayala, de apenas 22 anos.

Sheiza Ayala foi vítima de procedimento estético ilegal em clínica clandestina por aplicação de hidrogel nos glúteos.

Logo após, a jovem não se sentiu bem e encaminhou mensagens relatando ter falta de ar, febre e que não conseguia levantar, fato que a “doutora” disse que era normal e que os sintomas era porque a garota estava ansiosa.

A garota realizou o procedimento no sábado, dia 12 de setembro, sem comunicar os familiares. Quando começou a passar mal chamou sua prima dizendo que não conseguia RESPIRAR e pedia ajuda urgente. A prima foi até a casa e a levou ela diretamente para o Hospital Regional na data de 14 de setembro, segunda-feira.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.