Cotidiano

MS sem aulas presenciais até 2021

Anúncio foi feito pelo Governador Reinaldo Azambuja nesta segunda-feira (5). De acordo com a administração estadual, seria muito arriscado colocar alunos e profissionais da educação dentro das salas de aula ainda neste ano.

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, afirmou, na tarde desta segunda-feira (5), que as aulas na Rede Estadual de Ensino não voltarão no ano de 2020. De acordo com Azambuja, a decisão foi tomada para manter a responsabilidade e ouvir a ciência durante a pandemia da Covid-19.

No anúncio, realizado por meio de transmissão ao vivo em redes sociais, o governador ainda afirmou que a pandemia não passou no estado e citou exemplos da Europa e dos EUA para sustentar a decisão de vetar as aulas presenciais até o fim do ano. “Seria muito risco nós colocarmos os alunos, profissionais e trabalhadores de educação dentro das nossas escolas. Sei que é uma medida difícil, mas sempre pautamos pela saúde e a saúde recomendou a não voltarmos com as aulas”, apontou.

Ainda segundo Azambuja, o decreto com a decisão deve sair na manhã desta terça-feira (6). O governador citou, ainda, estados que voltaram com as aulas presenciais no Brasil e que imediatamente tiveram que voltar atrás pelo volume de contaminações em escolas. O Governo do Estado disse que também irá recomendar às escolas municipais para seguirem o mesmo critério, enquanto escolas particulares devem seguir o protocolo inserido no programa Prosseguir.

Até esta segunda, Mato Grosso do Sul havia registrado 71.993 casos do novo coronavírus e 1.365 óbitos, com a taxa de letalidade da doença em 1,8%.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.