Cotidiano

“O Brasil estava precisando de pessoas honestas”

Em live realizada no YouTube, na noite deste sábado (25), o sertanejo Bruno, da dupla com Marrone, mencionou o presidente Jair Bolsonaro durante o intervalo de uma música.

O cantor estava falando acerca das doações feitas pelos telespectadores às instituições de solidariedade.

Ao falar sobre a confiabilidade do investimento, para demonstrar que o dinheiro do público realmente estava sendo aplicado em uma boa ação, o sertanejo mencionou a parceria firmada com o Sesc Mesa Brasil, entidade responsável por fazer a coleta e entrega dos bens aos que mais necessitam.

“Todas as doações vão para o Mesa Brasil, um órgão federal que acompanha [as lives] e tem toda a estrutura para distribuição desses alimentos. Principalmente depois [da eleição] do Bolsonaro é que o negócio melhorou mesmo”, disse Bruno.

E completou: “Eu detesto falar de política, eu gosto de quem faz o bem para todos. Eu falo do Bolsonaro, mas não que eu seja bolsonarista, mas porque ele é um cara honesto. O Brasil estava precisando de pessoas honestas pra limpar essa desgramaiada [sic] que estava aí roubando a gente”.

Marrone, então, tomou a palavra e afirmou também ser simpático ao presidente: “Eu gosto do Bolsonaro, eu gosto muito dele”, disse.

No momento da declaração, cerca de 400 mil pessoas acompanhavam a transmissão ao vivo.

Bruno, então, dirigiu-se aos internautas que assistiam à live.

“Eu não quero saber você gosta do Lula ou da puta que pariu. Eu gosto do Brasil e de pessoas honestas. Esse povo não pode roubar o Brasil e esse dinheiro tem que ser distribuído certo”, afirmou.

O sertanejo pediu ainda que não façam intrigas com as opiniões dele sobre política.

“Não venham brigar comigo por causa de política, eu não gosto de política. Eu gosto de pessoas sérias e honestas. Mais nada”, finalizou.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.