Cotidiano

Operações na fronteira devem continuar

O governador Reinaldo Azambuja destacou que as ações como as que ocorreram na semana passada, durante três dias, em sete municípios da região de fronteira devem ser estendidas para outras localidades.

“Vamos continuar com as operações corriqueiras na região de fronteira para realizarmos mapeamentos, cumprir mandados de prisão e reforçar ainda mais a fiscalização, mostrando que MS desempenha o papel de cuidar de suas fronteiras, mesmo muitas das vezes sem ter a presença das forças federais. A união abandonou as fronteiras brasileiras, espero que a agora com essa preocupação a nível nacional e com a criação do Ministério da Segurança Pública, eles possam voltar os olhos para as fronteiras”, afirmou o governador.

A operação denominada “Fronteira 67” foi realizada em Antônio João, Ponta Porã, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Tacuru, Paranhos e Sete Quedas, e contou com o emprego de um helicóptero do Grupamento de Policiamento Aéreo (GPA), que desempenhou o trabalho de patrulhamento, orientando as equipes que atuaram por terra, do Batalhão de Operações Especiais (Bope), do Choque (BPChoque), do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), da Polícia Militar Rodoviária e do 4º Batalhão da PM.

Fonte: Semana On

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.