News

Pedidos de vistos de residência em Portugal disparam

Brasileiros, cabo-verdianos e romenos são as nacionalidades que mais pedem autorização para residir em Portugal.

Nos primeiros sete meses do ano, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras registou 76.9940 novos pedidos de residência, indica o ‘Jornal de Notícias’ esta sexta-feira, 20 de setembro. Este número representa um aumento de 68%, face ao mesmo período do ano passado.

De acordo com a publicação, o aumento de pedidos de residência de estrangeiros está a registar um número recorde de atendimento nestes serviços, sendo que diariamente estão a ser atendidos perto de dois mil estrangeiros. Também em relação às renovações de autorização de residências se verificou um aumento de 16%, para 53.900. Nos pedidos com mais procura, observa-se as autorizações de residência, renovação de autorizações de residência e reagrupamento familiar.

Só no primeiro semestre de 2019 foram atendidos 155 mil estrangeiros em todo o país, um acréscimo de 24% relativamente ao mesmo semestre do ano anterior. Para assegurar o nível de procura e diminuir os tempos de espera, o SEF lançou um concurso público em que quer contratar 116 assistentes técnicos.

Das nacionalidades que mais pediram residência em Portugal, em 2018, encontra-se o Brasil com 21,9%, seguido por Cabo Verde com 7,2% e Roménia com 6,4%. No ano passado, a imigração para Portugal crescer 21%, tornando-se o segundo país da OCDE com o maior crescimento.

Desde 2010 que Portugal atribuiu nacionalidade portuguesa a mais de 830 mil cidadãos, sendo que cerca de meio milhão foi desde o fim da crise. Até julho, foram entregues perto de 500 pedidos de nacionalidade por dia.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.