Cotidiano

“Pensei apenas em defender as mães e as crianças”

Cabo da Polícia Militar, Kátia da Silva Sastre, que efetuou três tiros e matou um suspeito de 21 anos que estava com um revólver realizando assalto na frente da escola da filha da PM em Suzano, São Paulo, foi homenageada neste domingo (13) pelo governador do Estado, Marcio França (PSB).  Kátia da Silva Sastre, a mãe PM que matou um bandido em Suzano, deu uma entrevista ao G1 e explicou como reagiu a tentativa de assalto na frente da escola de sua filha.

O vagabundo covarde pensou que seria vantagem assaltar mulheres e crianças indefesas. Toma! 😄 Mãe policial reage e mata ladrão na porta de escola, em SP. A mulher, que é mãe de um dos alunos, não teve o nome divulgado. O bandido levou tiros na perna e no peito, e morreu.

Posted by César Galeano on Sunday, May 13, 2018

“Essas pessoas [criminosos] se descontrolam facilmente. Eu não sabia se a reação dele seria atirar nas crianças ou na mãe ou no responsável que estava na porta da escola. Pensei apenas em defender as mães, as crianças e a minha própria vida e da minha própria filha.”

Ela disse também que agiu com base nos treinamentos que recebeu na polícia e que o criminoso atirou duas vezes antes de ela reagir.

 “Minha preocupação foi que minha intervenção fosse mais próxima a ele. Cessar a agressão dele de forma que não machucasse ninguém.”
Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.