Cotidiano

PF apreende 56 mil litros em 227 tonéis de solvente capaz de produzir 4 toneladas de cocaína

Na tarde desta sexta-feira (18), a Polícia Federal apreendeu 56.000 litros do insumo químico acetato de etila, acondicionados em 277 tonéis, na cidade de Corumbá/MS, fronteira com a Bolívia. 

De acordo com a assessoria de imprensa da corporação, o produto seria suficiente para a produção de mais de 4 toneladas de cocaína com alto grau de pureza. A operação teve cooperação da Receita Federal. 

“Fraudes documentais geraram o alerta de que a carga estava em condição irregular, que resultou na pronta atuação dos órgãos governamentais envolvidos na diligência”, diz a PF em nota. 

Ao constatar que nos últimos anos mais de 85% da cocaína apreendida no Brasil foi obtida com a utilização do solvente acetato de etila, a Polícia Federal e a Receita Federal do Brasil têm realizado um amplo trabalho de inteligência para mapear e identificar exportações irregulares do insumo químico para países produtores da droga.

“A apreensão reforça o compromisso das instituições envolvidas com o combate aos desvios de precursores químicos como forma eficaz de enfrentar e mitigar o tráfico internacional de drogas”, declara a corporação. 

Acetato de Metila  

É um líquido claro, inflamável, com um odor característico semelhante ao de algumas colas ou removedores de esmalte de unhas. É utilizado comumente na produção de tintas, vernizes e esmaltes.  

Pode causar irritação nos olhos e,  em altas concentrações, também pode causar irritação do trato respiratório, levando a sintomas como dor de cabeça, náuseas e irritação pulmonar.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.