Cotidiano

PM mata ex-esposa e comete suicídio

Um sargento da Polícia Militar (PM) matou a ex-esposa e em seguida tirou a própria vida com um tiro na cabeça neste sábado (20), em Paranaguá, no Litoral do Paraná. Sidnei da Rosa Silva, de 48 anos, matou Juilene Siqueira, de 28 anos. O casal estaria separado desde o fim do ano passado. O sargento não aceitava o fim do relacionamento.

Cilene, como era conhecida, foi morta pelo ex-marido com quatro tiros, dentro da casa dela, no bairro Jardim Figueira, em Paranaguá. Três filhos pequenos do casal estavam na casa na hora do crime, por volta das 7h30. O homem teria ido até a casa no início da manhã e iniciado uma discussão. Dois tiros foram disparados inicialmente, segundo testemunhas, e depois mais quatro foram ouvidos. Os filhos teriam ficado no quarto.

Nas redes sociais do casal, amigos e familiares se manifestaram com revolta e condolências.

De acordo com a polícia, Sidnei estava reformado (aposentado). Não há informações sobre o motivo do afastamento.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.