Cotidiano

PMA autua paranaense por maus tratos em galos

Policiais Militares Ambientais de Mundo Novo receberam uma comunicação de um agente da Receita Federal para avaliar uma possível situação de maus-tratos ontem (12).  Um homem de 56 anos, residente em Astorga (SP), transportava em seu veículo Nissan Frontier, galos de briga. No local, a PMA verificou no veículo 3 (três) galos de briga da espécie galo-índio (Gallus gallus domesticus), que estavam no assoalho interno do veículo e imobilizados.

O infrator afirmou que retornava de um campeonato de rinhas no Paraguai. A PMA constatou a situação de maus tratos ao verificar que todos os galos tiveram as esporas removidas, apesar de que apenas uma ave estava com ferimentos pelo corpo e cabeça, por ter participado do ato de rinha, conforme declarou o infrator. Os galos e o veículo foram apreendidos.

O infrator foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Mundo Novo e responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais. Se condenado, poderá pegar pena de três meses a um ano de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 2.553,00 pela infração de maus-tratos, conforme a nova Lei de fauna do Estado, promulgada em junho deste ano (Lei Estadual nº 5.673/8/6/2021), a qual prevê multa maior do que norma Federal. A multa prevista na nova lei é de 20 a 200 UFERMS, que perfaz entre mais R$ 400,00 a mais de R$ 8.000,00.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.