Cotidiano

Preso é espancado até a morte em cadeia de Maringá

Um preso de 29 anos foi espancado até a morte na cadeia da 9ª Subdivisão Policial de Maringá, na região norte do Paraná, por volta da meia-noite de sábado (17). De acordo com a Polícia Civil, ele foi morto depois de se desentender com outros detentos.

O delegado de plantão, Laércio Cardoso Fahur, autuou em flagrante dois suspeitos, de 25 anos e 29 anos.

Segundo Fahur, um deles, preso por tráfico de drogas, confessou a autoria do homicídio e o ataque ao preso com golpes de arte marcial. Já o outro suspeito, preso por furto qualificado e posse de drogas, nega a participação no crime, mas admite ter apanhado da vítima dias atrás.

Embora tenha autuado em flagrante dois suspeitos, o delegado desconfia que mais presos tenham participado das agressões.

O detento, que estava preso por receptação e roubo, teve as costelas quebradas e lesões graves na cabeça, na barriga e nas pernas.

O delegado relatou que, ao perceber a confusão na cadeia, acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e que, quando os socorristas chegaram, o preso já estava sem vida.

O corpo foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá.

O caso deve ser investigado, agora, pela Delegacia de Homicídios de Maringá para apurar a motivação do crime e quem está envolvido.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.