Cotidiano

Presos pela PMA

Durante fiscalização ambiental na rodovia MS 170, nas proximidades da fazenda Jatobá, Policiais Militares Ambientais de Aquidauana prenderam dois homens por porte ilegal de arma e munições, caça e pesca ilegais e tentativa de homicídio contra os Policiais.

Os infratores estavam em um veículo VW saveiro, ontem (18) e, quando os Policiais sinalizaram para a abordagem, o motorista diminui a velocidade como se fosse parar, porém, de repente lançou o veículo contra os Policiais.

O Policial da segurança da abordagem efetuou disparos nos pneus do veículo, mesmo assim, o motorista continuou em fuga. Depois de perseguição, a equipe conseguiu prender dois elementos que estavam no carro, especialmente, devido a avaria dos pneus.

No saveiro estavam o motorista de 33 anos e um acompanhante de 30 anos, ambos residentes em Aquidauana, que retornavam de uma caçada e pescaria ilegais.

Além do veículo, foram apreendidos um rifle calibre 22, com quatro munições, 4 kg de carne de jacaré e 28 kg de carne de dois animais silvestres da espécie queixada, três redes de pesca e um tarrafão (petrechos ilegais de pesca), utilizados na captura de 189 kg de pescado das espécies pintado, cachara e dourado, que também foram apreendidos no veículo.

Os infratores confessaram que estavam praticando pesca e caça ilegais no rio Aquidauana, na região do Portinho e que venderiam o produto do crime e dividiram os lucros. Uma equipe da PMA foi ao local e apreendeu mais duas embarcações e dois motores de popa, utilizados no crime.

Os criminosos receberam voz de prisão e foram encaminhados, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Aquidauana, onde eles foram autuados em flagrante por vários crimes, na madrugada de hoje (19).

O acompanhante por caça e pesca predatórias e poderá sair depois de pagar fiança. O motorista por esses dois crimes ambientais e mais por porte ilegal de arma e pela tentativa de homicídio contra os Policiais. Para ele, não foi dado o direito a fiança e permanecerá preso até decisão da justiça.

As penas para os crimes são as seguintes: caça ilegal – seis meses a um ano de detenção. Pesca predatória – um a três anos de detenção. Porte ilegal de arma – dois a quatro anos de reclusão e tentativa de homicídio, de seis a 20 anos de reclusão.

O infrator condutor do veículo também foi autuado administrativamente pelas infrações ambientais e foi multado em R$ 9.800,00 e o acompanhante em R$ 3.900,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas.

 

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.