Cotidiano

Seis presos e dois mortos

Após meses de investigação sobre uma quadrilha, o Garras (Delegacia Especializada Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) prendeu na madrugada deste domingo (22), membros que tentavam furtar uma unidade administrativa do Banco do Brasil, localizada no cruzamento da Rua Alegrete com a Travessa Buriti, na região do Bairro Monte Castelo, em Campo Grande. Os bandidos construíram um túnel de cerca de 63 metros.

A quadrilha estava atuando na Capital, mas não era de MS. Seis pessoas foram presas em flagrante. Dois membros da quadrilha morreram em confronto com os policiais do Garras e há, ainda, presos internados após se ferirem durante o confronto. Alguns integrantes estão foragidos.
Testemunhas contaram que ouviram muitos tiros durante a noite e se assustaram. A operação do Garras para capturar os criminosos foi montada na rua Minas Gerais. Uma coletiva de imprensa ainda deve ser marcada para a apresentação dos presos.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.