Cotidiano

Sequestrada e estuprada

“Gratidão pela segunda vida que me foi dada”

Um crime que revoltou muita gente em Cotia e região. Nesta segunda-feira (1º) uma jovem de 18 anos foi sequestrada e violentada por um criminoso na cidade.

A ação se iniciou por volta das 8h30, quando uma jovem de 18 anos chegava ao trabalho na região do Parque Rincão, km 30 da Raposo Tavares e foi abordada por um homem que estava em uma GM Meriva.

Ele dominou e colocou a jovem no porta malas do carro. Segundo informações da Polícia, o criminoso é pedreiro e foi trabalhar em uma obra do residencial Parque Rizzo e levou a jovem, lá a estuprou por várias horas e depois a deixou acorrentada dentro do carro.

Nas redes sociais, amigos e familiares postaram mensagens pedindo ajuda para quem pudesse dar pistas do paradeiro da jovem. A Polícia Civil de Cotia buscava informações e na parte da tarde, recebeu denúncia de que o criminoso estava  no Rizzo. Chegando no local, policiais civis se depararam com ele saindo da casa. Enquanto um policial o abordava e impedia de fugir, outro abriu a porta do carro e viu a jovem acorrentada no pescoço e na ferragem do banco do passageiro, jogada no assoalho de trás do veículo.

A prisão foi em flagrante. O bandido levado para a Delegacia de Cotia confessou o crime e disse que já estava de olho na jovem há mais de um mês, ou seja, um crime premeditado. A menina foi socorrida ao Hospital Regional de Cotia. O bandido tinha outras passagens pela Justiça pelo mesmo crime. Ele ficará na cadeia de Cotia por uma semana para depois ser transferido para um CDP – Centro de Detenção Provisória ou cela especial.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.