News

Soraya e Simone votam contra Bolsonaro

Dos três senadores de Mato Grosso do Sul, Soraya Tronicke (PSL) e Simone Tebet (MDB) votaram contra o veto do presidente Jair Bolsonaro que impede municípios e estados de concederem reajustes a servidores públicos até o fim do ano que vem, como contrapartida ao socorro de R$ 60 bilhões da União por causa da pandemia de covid-19. Só o senador Nelsinho Trad (PSD), que tem participado de comitivas do governo à convite de Bolsonaro como a que foi neste mês ao Líbano, votou a favor do governo. O voto mais surpreendente foi o de Soraya, que se elegeu com a bandeira de apoiadora de Bolsonaro. Ao divulgar quem votou contra e a favor no placar apertado de 42 a 30, o site Congresso em Foco frisou que os votos de dois aliados do presidente – Soraya e o vice líder do governo, senador Izalci Lucas (PSDB-DF) – pesaram na derrubada do veto: “Se os dois tivessem acompanhado o governo, o veto teria sido mantido, pois eram necessários 41 votos para que o dispositivo fosse derrubado” diz o site (leia aqui). O voto de Soraya também repercutiu entre apoiadores do presidente no estado. O site intitulado “MS Conservador” (leia aqui) divulgou a notícia com o seguinte título: “Soraya Thronicke (PSL) vota contra Bolsonaro e impõe derrota ao Governo”.

Share:

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.